Praça4: estratégias de sustentabilidade e conforto ambiental

O Praça4, edifício que desenvolvemos para as incorporadoras Famcorp e Lugares com Alma no bairro Menino Deus, em Porto Alegre, teve como principal premissa de projeto a busca por um habitat confortável, acolhedor, humano e eficiente no uso dos espaços e dos recursos naturais.


Essa busca se traduziu não só na escolha de materiais e tecnologias mais sustentáveis, como também na estratégia formal do projeto. Estudos científicos comprovam que, quando o ser humano está em contato com ambientes mais naturais, o corpo responde com uma pressão mais baixa e um sistema imunológico fortalecido. Por isso, buscamos trazer mais ar, luz e natureza para dentro do edifício.


Fotos do edifício Praça4 - a obra será entregue em setembro de 2020.


O projeto foi pensado a partir de uma grelha modular - cada módulo de 8 metros abriga dois apartamentos -, e a subtração de alguns desses módulos abriu espaço para a criação de três praças condominiais no centro do edifício. As três praças do lado de dentro, e a quarta do lado de fora, interligadas por escadas abertas e conectadas aos espaços condominiais, tornaram o percurso desde a calçada até a porta de casa iluminado, cheio de verde e convidativo à caminhada. Dessa maneira, incentivamos os moradores a acessarem seus apartamentos a pé, ao ar livre, e a aproveitarem as áreas abertas para contemplação, trabalho, lazer e exercícios.


Conheça abaixo algumas tecnologias e soluções construtivas que foram empregadas na construção do Praça4 com o intuito de melhorar o conforto térmico e acústico, de reduzir o consumo energético e de utilizar fontes renováveis de recursos, como o sol (aquecimento de água com placas solares) e a água das chuvas (para irrigação dos jardins verticais):



1. FACHADA VENTILADA: As fachadas principais são revestidas com um sistema ventilado, cujo revestimento externo é composto por painéis cimentícios leves de alta resistência. É um sistema extremamente eficaz para a redução da carga térmica no edifício, o que melhora o consumo energético e o conforto das áreas internas. (falamos sobre essa tecnologia aqui no blog, clique para conferir)



2. JARDINS VERTICAIS IRRIGADOS COM ÁGUA DE CHUVA: Os jardins verticais são compostos por um sistema de vasos que otimizam a irrigação e retêm material particulado, reduzindo a poluição do ar e melhorando sua qualidade e umidade. Os jardins verticais e floreiras do prédio são irrigados (e fertilizados) automaticamente: o sistema tem um timer ligado a um solenóide programável, e as regas podem ser determinadas conforme a época do ano, com irrigações diárias ou mais espaçadas. A água é proveniente de uma cisterna que coleta a água de chuva da cobertura do edifício.



3. AQUECIMENTO DE ÁGUA POR CENTRAL SOLAR TÉRMICA: O prédio tem aquecimento central de água com painéis solares térmicos, proporcionando maior economia de recursos naturais e financeiros. O sistema é integrado ao uso de gás natural como complemento para garantir a temperatura ideal nos dias de inverno menos ensolarados.


4. VIDROS LAMINADOS: Todos os vidros externos dos apartamentos são laminados 4mm+4mm com o intuito de melhorar a performance acústica e de segurança.


5. DRYWALL DUPLO DE ALTO DESEMPENHO: Todas as paredes dos apartamentos, exceto as do envelope externo, utilizam a tecnologia drywall e foram projetadas para o bom desempenho termoacústico: além de serem preenchidas com lã isolante termo acústica de Pet reciclada, possuem chapas duplas de gesso com montantes duplos – o que reduz a transferência de ruídos de um apartamento ao outro por vibrações.


6. MANTA ACÚSTICA + CONTRAPISO: Os pisos das áreas privativas são compostos de laje de concreto + manta acústica de 8mm em espuma de PEBD + contrapiso + piso - sistema multi-camadas que melhora muito o conforto acústico, reduzindo os ruídos de impacto (25db) entre as unidades.



7. LAJES SEM FUROS HIDRÁULICOS ENTRE APARTAMENTOS: Os banheiros dos apartamentos do Praça4 foram projetados com todos os equipamentos hidráulicos com saída horizontal. Por uma diretriz de projeto, não há furações e instalações no teto banheiro, o que reduz muito a chance de vazamentos ou de ruídos do sistema hidráulico do vizinho.



8. PORTAS ACÚSTICAS: As portas de entrada de todos os apartamentos têm núcleo sólido, gaxetas para a vedação das frestas e dispositivo que veda o vão da porta na parte inferior, dando maior privacidade e protegendo também do vento e da entrada de insetos.



9. PISOS ELEVADOS NAS ÁREAS EXTERNAS: As áreas externas, que são expostas às chuvas e ao vento, possuem pisos assentados de forma elevada do chão por meio de pedestais e placas intertravadas, tendo o escoamento e recolhimento de água sob o piso. Esse sistema também auxilia a proteger as mantas impermeabilizadas e dispensa o uso de rejuntes (que geram manutenção), além de minimizar muito a transferência de calor às lajes.

Além disso, priorizamos o uso da bicicleta, visto que é o meio de transporte mais sustentável do planeta: todos os 38 apartamentos têm vagas disponíveis. A fachada faz uma interface ativa com o espaço público, e a presença do comércio aberto para a rua, aliada ao mobiliário e à vegetação, cria uma atmosfera que estimula a presença e a caminhabilidade das pessoas em diferentes horários do dia. Estas iniciativas contribuem para a gestão dos espaços urbanos e para tornar as cidades mais inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis.



Conheça o projeto completo.



Texto redigido por Lucas Pierozan e Luísa Konzen.

88 visualizações
LOGO HYPE STUDIO_sem fundo_branco_1x1.pn

+55 51 3061.9894 | 11 2679.8324

Rua da República 358, Cidade Baixa

Porto Alegre - Brasil | 90050-320 

Rua Artur de Azevedo 167, Pinheiros
São Paulo - Brasil | 05404-010

©2019 BY HYPE STUDIO